//A Carta de Saramago

A Carta de Saramago

As Nações Unidas receberam uma proposta para a adopção da “Carta Universal dos Deveres e Obrigações dos Seres Humanos”, documento inspirado no discurso proferido em 1998 pelo Nobel da Literatura José Saramago.
A Carta foi apresentada pela Fundação José Saramago e embora o texto não tenha sido divulgado, sabe-se que visa defender a “ética da responsabilidade”.
No primeiro artigo, por exemplo, declara que todas as pessoas têm “o dever de cumprir e exigir o cumprimento dos direitos” descritos na Declaração Universal dos Direitos Humanos.
Por ter lido alguns dos livros de Saramago e conhecendo este discurso feito em Estocolmo, sei que a Carta dos deveres será mais um apelo à cidadania e à luta contra as injustiças sociais e contra as prepotências políticas.

A Carta será inspiração para alguns, mas o poder, seja lá onde for, jamais pactuará com esse tipo de postura. O poder vai resistir aos que quiserem levar a letra da carta à prática.

Veja esta crónica em vídeo.